reunião na secretaria estadual do mst em caruaru, dia 20/01/14

Etiquetado:

levei o projeto do assentamento chico mendes que fiz juntamente com jackson e isaac para olharmos pessoalmente eu e:

ana emília, jéssica e ramiro do coletivo de comunicação e cultura,

valdenilson do setor de produção e assistência técnica,

lena, do setor de saúde,

a reunião foi bem legal e eles sugeriram vários pontos para incrementar o projeto, tais como:

01 distinguir as diferenças entre agricultura familiar x agricultura camponesa;

02 evidenciar questões políticas no fato da agroecologia ser uma matriz produtiva;

03 dedicar uma atenção na questão das sementes crioulas x sementes orgânicas pré fabricas x sementes transgênicas;

04 retratar uma das facetas do assentamento que seria o assentamento enquanto ilha naquela localização geográfica;

05 determinar que a parceria com o mst não é com o intuito desse último ser apenas objeto de pesquisa;

06 fazer contraponto com a cultura antiga e tradicional da cana de açúcar;

07 mostrar o processo de transição em que vive o assentamento, da agricultura tradicional à agricultura orgânica e quiçá pós orgânica

foram as principais sugestões. senti carta branca pra começar o processo, incrementando esse roteiro. eles sugeriram que esse produto poderia fazer parte do cineclube itinerante do mst que corre todos os estados, ou então em normandia, onde há um espaço para isso onde rola até oficinas,

vinicius

Comentários

#1

Excelente sistematização e ótimo contato Vinicius....vamos tocar pra frente o projeto!

#2

Meire.

Obrigado pela partilha. Vamo simbora!