Pular navegação

Reunião IPHAN 06/1/2013

Reunião IPHAN 06/1/2013

A reunião teve presença, além de mim, de Fernanda Biondo, Julia, Giorge e Jairo. O Wallace não foi, pois o mesmo está sendo desligado da sepac, no seu lugar ficará uma pessoa chamada Fabiano, o qual assim que assumir o posto passará a responder pelas articulações da sepac.

Sendo assim, ficou meio que travada a sessão avulsa que teria até o fim do ano, pra testar a divulgação, a capacidade do local e a ação como um todo.

Giorge mostrou o kit com os 31 DVD`s relativos ao acervo das 2 edições dos etnodocs. Eles renderão cerca de 15 sessões, pois por todos terem duração de no máximo 30 minutos, a ideia é exibir 2 por sessão. Ou seja, é material para praticamente o ano todo.

Sobre o projeto do cineclube definitivo que vai pra superintendencia do IPHAn, Giorge acatou as sugestões que sugeri e enviará a versão definitiva para a apreciação da superintendencia.

Sobre uma sessão antes do projeto regular oficial (que começaria depois do carnaval), tem duas possibilidades. 1) de fazer uma sessão em janeiro com alguma escola de olinda, com temática infanto-juvenil e acervo da prefeitura que tem filmes com este tema. Esta sessão ocorreria a tarde, no horário da escola e das atividades regulares do iphan. 2) Uma sessão em fevereiro com o filme Doddiê do frevo e Alto da Lú (sugeri a exibição dele, já que tem super a ver com a temática e é produção nossa, mas claro, só será exibido se todos do Tear concordarem, apenas sugeri), este como um teste definitivo para o projeto regular, a sessão incluiría debate. Esta rolaria de noite, no horário mesmo da sessão regular.

Acho que foi isso, se lembrar de algo mais coloco nos comentários.

Comentários

#1

Carlos. Obrigado pela sistematização, ficou muito rica.

Bem legal essa ponte com o IPHAN. Me diz uma coisa, haverá alguma grana para esse ano todo? Alguma contrapatida ao Tear?

Abraços

#2

Isso  não foi conversado, até aqui a contrapartida seria apenas do ponto de vista da visibilidade.

#3

Por Leitinho via Facebook

"Ixxi. Haja colhões, mas vamos lá. Ter que esperar né"

#4

Por Leitinho via facebook

"Porém, acho que depois de todo esse processo dispendioso e custoso, será de grande relevância essa parceria."

#5

é, de fato, o processo é muito lento, mas tudo indica que pode sair algo bom daí. como poderemos nos comprometer com sessões pela tarde em dia de semana? seria bem esporádicas né?

ficou muito bom o relato. por mim, eu jogava alto da lu em todas as oportunidades que aparecessem... mas claro q tem que q haver um consenso

#6

Esta sessão da tarde prevista para janeiro a princípio é esporádica, mais como uma espécie de teste mesmo. O cineclube regular de lá, será dias de semana e de noite.

#7

Por isso que eu perguntei sobre as contrapartidas. Sei que o reconhecimento da parceria com o IPHAN não é desprezível, porém é muito tempo e o coletivo terá que ter "colhões" (Leitinho) para seguir sem deixar a peteca cair.

Pensei até em uma possível monitoria. Acho que pode ser pensado, acho que o IPHAN tenha as manhas de arrumar algum parceiros.

Só uma sugestão.

Abs

#8

Fala mais sobre como seria a monitoria Isaac. Não entendi como ela ocorreria exatamente.

#9

Não sei ao certo, mas pensei de um valor pequeno para, ao menos,  alguém dar uma força nas exibições... Poderia ser tipo um extensionista(?), um estagiário(?). Ou então o IPHAN dispobilizar alguém. Pensei em somar isso na contrapartida.

#10

Ah, entendi...Eles tem um estagiário que está de frente. Provavelmente ele fará esta função.

#11

é, no caso a gente tercerizaria alguma coisa pra ter menos trabalho e dava uma renda pra alguém