Pular navegação

Blog

Ajuda

algumas contribuições

oi pessoal tudo bem?

então, resolvi voltar por aqui porque a nossa associação de ciclistas criou um perfil na plataforma. Fazia tempo que eu não entrava no site e fiquei bem feliz de perceber sua evolução. É lindo o trabalho que está sendo feito, fiquei encantada. Parabéns mesmo! =D

no entanto, preciso confessar que acabei descobrindo duas coisas que me deixaram bem pouco à vontade na interação.

a primeira delas é um número de pontos que aparece, ao lado da foto, como primeiro dado sobre a pessoa no perfil dos membros. Há um senso comum que diz que isso ajuda a rede a melhorar, o FAQ diz que é para reconhecimento do trabalho colaborativo e talz. Particularmente, acho complicado esse tipo de associação de pessoas a números. Tenho a mesma opinião do David de Ugarte, acho que os rankings deixam o mundo e as redes muito mais medíocres.

Corais migra para um servidor dedicado

Graças a doações generosas dos coletivos iTEIA, Colabor [at] tiva [dot] PE, Soylocoporti e Oxe Hacklab a Plataforma Corais migrou para o servidor dedicado Blue Moon 4 da Dreamhost, no plano mensal.

Desde que começou a Teia da Diversidade estávamos enfrentando uma sobrecarga que praticamente impedia o uso da plataforma. O servidor tinha que ser resetado com frequência e cada vez que isso acontecia os textos colaborativos abertos tinham dados corrompidos e ficavam inacessíveis. Veja no gráfico abaixo o aumento considerável na carga do servidor compartilhado em que estávamos.

servidor_corais_teia.png

Responda comentários por email

Foram instalados os módulos Mailhandler e Mail Comment para permitir enviar comentários por email, sem precisar acessar o site. Isso vai trazer agilidade nas discussões. Quando um comentário é enviado assim, os demais participantes do projeto recebem email de notificação, o que na prática funciona como uma lista de email com a vantagem de ter a contrapartida na Plataforma Corais.

Ainda não é possível criar novos posts via email, nem anexar arquivos, mas é possível implementar isso no futuro. 

Para que a resposta apareça corretamente no site, é preciso retirar as assinaturas do email, mantendo a linha especial de resposta que aparece no começo. 

Logo marca do Corais em vetor (HD)

Ola pessoal, pois bem, o corais está em franco avanço, o que não é de surpreender, ja que isso é esperado em iniciativas abertas e cujo incetivo é a participação de todos. toda essa agitação associada e funcionalidades e aplicações no desenvolvimento de projetos em várias áreas tem dado notoriedade e exposição em veiculos de midia não so livres, mas agora, com o teia nacional, na midia convencional e govenrnamental. fui abordado por um responsável pela comunicação do MINC (ministério da cultura) pedidindo uma logo marca em alta resolução, png, fundo transparente... ou o SVG do arquivo para inserção no material oficial. em busca pelos projetos, encontrei a marca, mas achei sua resolução ainda insatisfatória para tal finalidade e pergundo:
temos a marca atual em alta resolução ou SVG para suprir essa demanda?

Oficina sobre o Corais no Laboratório de Cultura Digital UFPR

Nos dias 16 e 17/12 o Corais foi apresentado numa oficina promovida pelo Laboratório de Cultura Digital da UFPR em Curitiba. Tivemos uma conversa super bacana também com os membros do coletivo Soylocoporti e Instituto Ambiente em Movimento sobre organização de projetos colaborativos, financiamento de atividades culturais, economia solidária e uso de tecnologias livres.

preview_photo_22-12-13_11_34_51.jpeg

Ferramenta de mutirões e desafios

O @gonzatto contou que fez uma experiência com os alunos dele de desenvolver um projeto de design à distância para a OpenIDEO. Refletindo sobre a diferença entre o OpenIDEO e o Corais, ele me escreveu com algumas sugestões bem interessantes:

Melhora na performance dos nossos servidores

Nas últimas semanas fiz duas modificações que melhoraram a nossa performance. A Plataforma Corais é hospedada num servidor compartilhado oferecido gratuitamente pela Locaweb. Não tenho privilégios de administrador, mas ainda assim consegui instalar o módulo Boost do Drupal, que cria páginas HTML estáticas com conteúdo dinâmico antes de você acessar a página. Esses arquivos HTML ficam guardados numa pasta cache e são requisitados caso não haja modificações no banco de dados, o que é muito mais rápido do que gerar a página dinamicamente. A navegação ficou bem mais rápida depois disso.

Captação de recursos para o Corais

Desde agosto de 2012, a Plataforma Corais deixou de receber apoio do Instituto Faber-Ludens para seu desenvolvimento. Desde então, eu tenho mantido a plataforma nas minhas horas livres. O desenvolvimento é, portanto, lento e instável. 

Estou consciente de que para a sustentabilidade da plataforma o próximo passo é a disponibilização do código-fonte. Porém, conforme descrevi na tarefa que já se encontra cadastrada aqui no Metadesign, os desafios são grandes eu acredito que não possa dar conta dessa transição sozinho.

Tradução para o espanhol da animação da abertura do Corais

Realizei a transcrição da narração da abertura do Corais, que se encontra abaixo: 

Como funciona o Corais? O corais não é programação, não é bicho papão é colaboração! Digamos que você tenha uma ideia, mas não encontra ninguém para ajudar. COMPARTILHE. O corais conecta você com pessoas dispostas a colaborar e oferece ferramentas livres para trabalhar em conjunto: blogs, mapas mentais, galerias de imagens, tarefas. Os projetos estão conectados a uma base de conhecimento livre que estimula a aprender fazendo. Você pode participar do corais de muitas formas: Criando novos projetos, convidando novos participantes, projetando colaborativamente ou aprendendo e compartilhando seus conhecimentos. Comece já a colaborar! Entenda a filosofia do Design Livre, Navegue pela nossa base de conhecimento ou veja os projetos existentes e participe com seu próprio projeto. 

Por uma abordagem brasileira para a inovação aberta

Uma coisa que a gente discute muito no Faber-Ludens é que os modelos de gestão e metodologias de design precisam ser adaptados para a realidade da cultura brasileira. O discurso da inovação aberta, crowdsourcing e etc funciona bacana nos EUA, onde existe o tal do Cognitive Surplus que o Shirky fala, mas no Brasil, nós achamos que o viés tem que ser diferente.

Precisa de ajuda?

Blog

O blog permite que os membros de um projeto se comuniquem, discutindo e publicando novidades. É um ótimo lugar para compartilhar processos, desafios e explorar ideias.