Sistematização Reunião Extraordinária 06 - 07/03/2015

Sistematização baseada no pad http://corais.org/colaborativas/node/83853 e nas demandas sugidas nos ultimos dia. Como estamos próximos da data do evento, estamos em reunião e ações continuadas precisando do acompanhamento contínuo de todos.

Definição da programação com temas, nomes e horários: Foram ratificados os eixos temáticos de cada dia do evento e as atividades fechadas já com nomes de debatedores, oficineiros, etc. Sugiro o acesso ao pad para ver item por item e como foi construída. Temos uma demanda de atualizar a planilha http://corais.org/colaborativas/node/83609 da programação, ela sairá de esqueleto para a programação definitiva. Nesse FDS já começa a divulgação mais massiva.

Definição de demandas das oficinas para definição dos espaços: Definir o que precisa do ponto de vista físico para cada oficina e ver o quanto deve ser cobrado. Há um valor sugerido de R$ 10,00 http://corais.org/colaborativas/node/83874.

Confirmação de apoio da caixa: Houve a confirmação de duas passagens pela Caica. É preciso definir os contemplados. Pelo rodízio seria o pessoal do RS. Outros 500 mostrou interesse, seria bom eles indicarem nomes. http://corais.org/colaborativas/node/83873.

Criação das artes do evento: Artes para cartaz, banner, etc. Tem a tarefa na fita na pra galera q se garante nas artes contribuir http://corais.org/colaborativas/node/83866

Imagino q tenha sido isso, vamos utilizar os coments pra dar continuidade as ações.

Comentários

#1

Olá Pessoal sobre as duas passagens de apoio, sugiro que uma seja pro RS (Outros 500) e a outra para a BA, de modo que possamos viabilizar a ida de alguem da Universidade Livre de Teatro Vila Velha e/ou Lula Dantas.

O que vcs acham?

#4

Concordo. Mesmo que todos não possam vir, vindo um de cada local depois podem multiplicar os resultados. Vou deixar uma sugestão: no caso de ceder uma passagem, porque o outro local não racha a passagem que não pode ser dada com o que recebeu ? Em 8 de março de 2015 09:28, <mensagens [at] corais [dot] org> escreveu: (((

#2

Acho ótima a sugestão do Jatobá.

Outros 500, indiquem os nomes e dados: http://corais.org/colaborativas/node/83873

Sobre a cobrança das oficinas, penso ser fundamental termos clareza de porque e para que cobramos. Se for para custear o evento, sugiro termos uma planilha aberta com as despesas obtidas na organização e produção, para que as pessoas compreendam o contexto e possam colaborar financeiramente de maneira consciente. Essa contribuição financeira também pode ser um convite às pessoas somarem ao processo, à rede, ao próximo passo. Nesse caso, o recurso arrecadado pode contribuir para o 3o encontro ou alguma outra iniciativa conjunta que surgir a partir deste encontro. São possibilidades, certamente existem outras tantas que indicam que vale a pena aprofundar a reflexão sobre a cobrança da participação.

É importante pensarmos na certificação, né? Não me lembro se isso foi conversado, mas imagino que haverá certificação, não? 

#3

Concordo com a passagem para Outros 500 + Lula Dantas ou Universidade Livre.

Sobre a cobrança nas oficinas, seria um valor simbólico. Pensamos em R$ 5,00 ou R$ 10,00, em oficinas de 15 vagas. O objetivo principal seria ajudar a organizar melhor as inscrições.

A experiência com oficinas para alunos da UFPA e comunidade externa que temos é de abrir oficinas com 20 vagas e receber 150 inscritos. Não fechamos porque se limitarmos as inscrições em 20, aparecem 4, então já houve casos em que tivemos 200 inscritos e apareceram 50, superlotando a sala, porém nós não podemos cobrar nas nossas oficinas.

Já no caso do evento, acreditamos que se cobrarmos uma tx simbólica, podemos limitar as inscrições em 20 ou 15, pois haverá uma certeza maior da presença daquele participantes, já que ele pagou.

Acho que não vamos arrecadar muito com isso, porque haverá muitas gratuidades para os alunos da FACOM que é parceira do nosso evento, e para os próprios membros da organização que não estiverem ministrando e quiserem participar.

O dinheiro que for arrecado pode servir para bancar algum custo do evento, já que temos mais apoios do que recurso em dinheiro, mesmo assim será pouco.

Temos a opçõa de não cobrar nada, e limitar a inscrição em 50 ou 70, calculando uma evasão de 30 ou 40%.

Quanto aos certificados, vamos fazer em PDF como temos feito por conta do baixo custo, mas bem lembrado Lú. Vamos definir alguém pra cuidar somente disso.

#6

Eu entendo a preocupação com a evasão ou superlotação ou mesmo falta de quorum nas oficinas. Mas creio que no caso do encontro, teremos no mínimo o quorum dos participantes das PC`s q imagino tenham bastante interesse nas oficinas.

Sendo assim, não sou a favor de cobrar.

Mas, continuamos dialogando.

#7

Blz pessoal! Então vamos desencanar de cobrar pelas oficinas.

Inscrições Livres para o evento e para as oficinas!

#8

Certo! Conhecimento livre!

#9

Massa pessoal, concordo totalmente em não termos cobrança para as oficinas.

Não tinha opinado neste tema até o momento porque queria ver como os demais pensavam sobre esta questão, eu mesmo não acredito que não existe certo ou errado. Se fosse cobrado seria porque a conta não estaria fechando para viabilizar o nosso encontro. Afinal estamos unindo as forças para viabilizar este encontro e todos estão investindo para estarmos juntos daqui a 10 dias em Belém.

Acho que seria bacana, agora ou mesmo depois do encontro, criarmos uma planilha aqui no CORAIS e deixar visível os gastos gerais de produção. Podemos incluir inclusive compras de passagens que os coletivos realizaram e outros gastos que cada um tenha durante o encontro. Assim podemos criar um histórico de cálculo. Assim na organização de encontros futuros podemos beber desta contabilidade para dimensionar gastos e custos de produção.

#10

Acho ótimo, pessoal! Plenamento a favor

#13

Ola Pessoal,

Escrevo esta mensagem para [email protected], principalmente para os integrantes da Produtora Colaborativa Outros 500. Estamos na reta final da produção do encontro e as últimas passagens confirmadas seguindo o rodízio estão para o RS e BA, assim tinhamos definido que seria uma pra os Outros 500 e outra para a Universidade LIVRE de Teatro Vila Velha, que ainda não tinha representação confirmada no encontro.

Acontece que até o momento dois colaboradores da Produtora Colabor [at] tiva [dot] PE (Eduardo e Leo Guedes) não estão com passagens para o Encontro, sendo que o primeiro é oficineiro de uma atividade que já possui vários inscritos e o outro está produzindo toda identidade visual do encontro e pode ajudar mto na instalação de linux e suporte técnico durante o encontro.

Gostaria de saber se os Outros 500 topariam ceder essa ultima passagem a Produtora Colabor [at] tiva [dot] PE de modo que consigamos viabilizar a ida de um destes depois integrantes. E também pensar coletivamente qual dos dois deveria garantir logo sua participação.

Lamento muito não termos conseguido mais apoios mas estamos fazendo tudo no amor e sem um grande patrocinador. Assim conto com a compreensão e colaboração de [email protected] para seguirmos construindo juntos.

Larissa precisa enviar as infos das passagens o quanto antes para sair a tempo. Aguardamos o retorno de vcs

#14

Oi pessoal,

Nessa reta final temos que correr contra o tempo.

O que temos é o seguinte:

1. R$ 2.200,00 para passagens com reembolso, ou seja, o participante tem que comprar a sua passagem e deverá ser reembolsado em no máximo 7 dias úteis após o evento pela organização.

Pela pesquisa que eu fiz, as passagens de RS e BA já estão altas. As de PE ainda estão razoáveis. Pela proposta do Jatobá daria pra comprar 3 ida e volta, 1 por BA e 2 por PE, mas como o valor o recurso que temos é fixo e as passagens aumentam a cada instante, é importante definirmos essa questão para que os participantes possam comprar (e espero que possam comprar com cartões de crédito).

2. Teremos um recurso para outros itens como impressão do livro, camisas, coquetel do lançamento, van, mas terei que negociar com os fornecedores para ver se eles podem receber após o evento, mas acredito que sim.

3. Convidamos o pessoal do carimbó patrimônio cultural de Santarém Novo para fazer uma apresentação no lançamento o livro, e como não temos recurso pra cachê, fizemos uma parceria entre os grupos e a produtora colaborativa de Belém, para que eles se apresentem apenas com transporte (180km de Belém) e alimentação (teremos que conseguir jantar para 15 pessoas). Acho que vai ser bem legal a participação deles.

Por enquanto é isso.

#15

Bom Pessoal,

Até reformulando melhor meu último post, pois não tinha conhecimento destas informações que Larissa está nos passando.

Parece que com esta confirmação temos um patrocinador do evento, no caso a Caixa Econômica Federal. Que fato positivo, vamos mesmo em cima do laço tentar pensar juntos o que fazer com este apoio:

sobre os pontos listados acima

1.1) Este reembolso poderia ser aplicado a uma das passagens já compradas dos Outros500? Como eles compraram 3 passagens do bolso caso uma delas possa ser reembolsada já seria um apoio direto ao grupo e como eles compraram em uma promoção com um valor mais em conta que os que Larissa pesquisou. É possivel?

1.2) Estes 2.200 não incluem a passagem de Pusa (Colaborativa do Capão), Mãe Beth (Umbigada no AR) e Sandro (Colabor [at] tiva [dot] PE) correto? As passagens deles foi da Secretaria Nacional da Juventude confere? As mesmas estão confirmadas?

1.3) Considerando que seja possivel reembolsar os outros 500  acho q o recurso restante deveria viabilizar a vinda de duas pessoas da Bahia [ Junia (Universidade Livre de Teatro Vila Velha), Lula Dantas (Associação Afro Itabunese)] e duas pessoas de Pernambuco [Eduardo e Leo Guedes (Colabor [at] tiva [dot] PE)]. O valor restante pode apoiar o deslocamento terrestre de grupos do Pará (caso ainda tenha alguma pendencia neste sentido).

Acho q os pontos 2 e 3 são muito positivos e mais uma vez parabenizo a articulação da Produtora Colaborativa de Belém que mesmo com diversas atividades acontecendo nestes meses conseguiu realizar contatos e firmar parcerias como esta da CAIXA que estão ampliando os horizontes do nosso próximo encontro.

Aguardo as considerações dos demais, sobre os pontos detalhados acima. Seguimos tecendo enquanto o tempo segue voando...

#16

- As questões colocadas pelo Jatobá estão corretas. Esse valor não diz respeito às 3 passagens citadas. Acreedito que elas já foram emitidas, com exceção da passagem do Sandro, por alguma pendência do sistema da UFBA, mas ele já está em contato com eles resolvendo isso.

- Temos 2.200,00, se comprarmos duas passagens da Bahia já acabou o dinheiro: http://www.decolar.com/shop/flights/results/roundtrip/SSA/BEL/2015-03-18...

Então temos que definir conforme as possibilidades:

1. Duas passagens da Bahia;

ou

2. Uma da Bahia e duas de Pernambuco

ou

3. Reembolso outros 500 + Alguma passagem com o que sobrar.

Quanto mais demorarmos pra decidir, mais caro ficam as passagem.

Sugiro decidirmos até hoje (12) pra que a pessoa contemplada posso ir atrás de viabilizar o cartão de crédito ou dinheiro pra comprar.

OBS: Quanto aos grupos do Pará, o pessoal do Puraqué estão aguardando a resposta da PROAD da UFPA. Os 7 jovens do RTocantins estão tentando uma van e hospedagem em Belém, com apoio da prefeitura de Marabá ou uma outra empresa, mas ainda não confirmaram.

#18

Já estou no berço conferindo os emails atrasados e respondendo alguns pelo celular, por isso serei breve. Assino embaixo de tudo que o jatoba propôs. Ainda mais se for pra garantir a nobre presença dos irmãos de PE, fundamentais no evento. Parabéns mais uma vez a Colaborativa Belém e a todos os envolvidos.  Gostaria ainda de dividir minha imensa alegria depois da reabertura do Espaço 512 ontem à noite. Recorde de público e sorrisos de amigos. Desde já fica o convite - As portas estão sempre abertas! Abs, Guilherme  Em quinta

#17

Já estou no berço conferindo os emails atrasados e respondendo alguns pelo celular, por isso serei breve.
 

Assino embaixo de tudo que o jatoba propôs. Ainda mais se for pra garantir a nobre presença dos irmãos de PE, fundamentais no evento. Parabéns mais uma vez a Colaborativa Belém e a todos os envolvidos. 

 
Gostaria ainda de dividir minha imensa alegria depois da reabertura do Espaço 512 ontem à noite. Recorde de público e sorrisos de amigos. Desde já fica o convite - As portas estão sempre abertas!
 
Abs,
 

#19

Galera! Confirmo que minha passagem foi confirmada através da Secretaria Nacional da Juventude.

Acho super importante a participação de Eduardo e Léo, eles sempre estão prontos para dar o gás, porem acho que a participação de todas as pessoas mencionadas é igual de importante, acho dificil para nós decidir.

Abraço em todos.

#20

Considerando as possibilidades colocadas por Larissa no coments #16, eu acho a mais plausível a opção 2, porque contemplaria 2 Estados, e garantiria a ida de Eduardo e Léo que já estão inscritos em algumas das atividades.

Todas as possibilidades colocadas são justas e queria mesmo ver todos lá, mas tendo q escolher uma, seria a opção 2 pelos motivos q citei acima.

#21

Como o desejo é que todos possam ir e, diante do 'de acordo' dos Outros 500 à proposta do Jatobá, concordo com Lunna e fico com a segunda opção.

#22

Ola Pessoal,

Acho que as duas opções são boas, mas como o cenário é dinâmico e nos somos teimosos, seguimos tentando fazer caber todo mundo neste barco :)

Eduardo ligou hj mais uma vez para a Fundação de Cultura do Estado de Pernambuco (FUNDARPE) e eles sinalizaram em um apoio de uma passagem para a Colabor [at] tiva [dot] PE. Seria bom q ele confirmasse isso pra gente aqui. Caso realmente isso ocorra, o ideal seria tentarmos ainda hj fazendo varias combinacoes de passagens garantir a ida da Junia (Universidade Livre de Teatro Vila Velha), Lula Dantas (CNPdC) e do Leo Guedes (Colabor [at] tiva [dot] PE).

Lembrando que Lula está na programação e não tem passagem confirmada ainda.

Seriam 2 passagens da BA e uma passagem do PE. Larissa será q e possivel tentarmos essa terceira opção?

o q vcs acham?

#23

Eduardo confirmando a ida com a Fundarpe, acho q seria massa, contemplaria a todos!

#24

Pessoal comprei a passagem de Leo para sermos reembolsados depois do encontro, conforme orientação de Larissa.

Junia precisa comprar urgente a passagem dela e nos enviar o comprovante. As passagens estão subindo de preço e precisamos resolver logo esta questão.

Lula Dantas precisa confirmar também se conseguiu a passagem e quanto seria para viabilizarmos a vinda dele com o recurso que temos. Caso não seja sugiro que seja repassado para o Guilherme Carlin dos Outros 500 como reembolso por uma das 3 passagens que o coletivo investiu para estar presente ao Encontro.

Aproveito também pra socializar o link da pauta da última reunião virtual semanal de planejamento: http://corais.org/colaborativas/node/83904

Quem puder ler, colaborar e sistematizar o que avançamos pode chegar junto!

Criei duas sugestões que considero importantes de serem abordadas: o planejamento da Cobertura Colaborativa (http://corais.org/colaborativas/node/83908) e uma atividade de doação e troca de produtos entre as produtoras culturais colaborativas participantes (http://corais.org/colaborativas/node/83909) mas isso só faz sentido se o grupo achar válido e pensarmos isso coletivamente.
 

Comentem lá o que pensam e vamos construindo

#25

[email protected], Ainda não consegui cartão. Lula

#26

Ola Galera!!

Só devo conseguir a confirmação do apoio da Fundarpe para minha passagem e a de Rafael Buda na segunda-feria pela manhã!!

Assim que tiver esta confirmação eu comunicarei aqui para o grupo!!

No mais seguimos na luta!!

Um abração!!

bom fim de semana!!!